Ressignifica [2]

Ressignifica [1]
14 de setembro de 2017
Um ano de Massala
31 de outubro de 2017

Parte 2 da série “ressignifica“.

PROMÍSCUO, adj.

Do latim promiscuus “misturado, indiscriminado”.

  1. Que designa promiscuidade.
  2. Que se compõe de elementos distintos, misturados desordenadamente; confuso, misturado.
  3. Que viola o que é considerado moral.
  4. Que não faz distinção; indiscriminado.
  5. Que faz ou tem habitualmente relações sexuais e/ou amorosas com vários parceiros.

Outros sinônimosbagunçado, confuso, misturado, indistinto.

Agora sim, essa é uma palavra que realmente necessita uma nova apropriação. Na Roma antiga, era uma palavra usada para definir as relações inapropriadas entre plebeus e nobres, e na sociedade atual [ainda moralista], a pessoa promíscua é aquela que faz sexo por prazer fora das regras estritas da igreja e do casamento.

Se você analisa o significado literal da palavra latina, promíscuo é aquilo que é misturado e indiscriminado. Séculos e mais séculos se passam e tirar as coisas de seus lugares pré-definidos, descategorizar, misturar… tudo isso continua representando um perigo à sociedade.

A promiscuidade viola a moralidade e ameaça a ordem da instituição do casamento, dos contratos monogâmicos, das hierarquias de poder. Que moral é essa? Pra mim, é a moral que reprime o que quer que eu sinta.

Ao meu ver, o sinônimo mais correto de promiscuidade seria liberdade. O indivíduo promíscuo se mistura com quem quiser quando quiser. Não é possível entender o quê ele é ou determinar nomes para seus relacionamentos. Ele confunde as pessoas com seu comportamento livre. Põe terror na sociedade por indiscriminar o amor.

O pôster “Amor promíscuo/Outono Psy” já está disponível para compra na nossa loja no Colab55.

No próximo post, vulgaridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *